Siga este blog por email

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A HORTA



A HORTA
                                                                    Rubem Alves



“Horta se parece com filho. Vai acontecendo aos poucos, a gente vai se alegrando a cada momento, cada momento é hora de colheita. Tanto o filho quanto a horta nascem de semeaduras. Semente, sêmen: a coisinha é colocada dentro, seja da mãe/mulher, seja da mãe/terra, e a gente fica esperando, pra ver se o milagre ocorreu, se a vida aconteceu. E quando germina - seja criança, seja planta - é uma sensação de euforia , de fertilidade, de vitalidade. Tenho vida dentro de mim! E a gente se sente um semideus, pelo poder de gerar, pela capacidade de despertar o cio da terra.”









Um comentário:

  1. Hahaha a horta ta ficando bonita e com variedade de coisas la.802 fazendo muito esforso mais por um belo motivo.

    ResponderExcluir